Seis sinais de que você precisa de um DataOps Industrial

Este artigo foi originalmente escrito por John Harrington, da HighByte, e foi traduzido para o português. Para conferir o artigo original, clique aqui. Um executivo de uma empresa de produtos industriais me disse certa vez que, apesar de suas fábricas estarem cheias de equipamentos similares, ele ainda tinha dificuldades para acessar dados significativos das máquinas. Cada uma das máquinas de moldagem por injeção plástica tinha uma maneira diferente de apresentar os dados. Isso significava que a empresa precisava personalizar a codificação de cada equipamento para obter informações significativas. É um cenário comum em muitos ambientes industriais, onde fábricas podem ter centenas de CLPs e controladores de máquinas em máquinas diferentes gerando dados operacionais ininteligíveis para os cientistas de dados que devem fazer sentido. É aqui que entra o Industrial DataOps. Ele fornece uma maneira de padronizar dados usando modelos comuns, ou abordagens orientadas a objetos, para integrar e gerenciar informações provenientes de múltiplas fontes. Veja mais de perto os seis principais sinais de que está na hora de considerar uma arquitetura DataOps Industrial para sua empresa. 1. Os projetos IIoT não estão escalonando devido a dados virem de diversas fontes Traduzir e analisar dados de centenas ou…

Continuar lendo Seis sinais de que você precisa de um DataOps Industrial

Como o DataOps Industrial está moldando a Indústria 4.0

Este artigo foi originalmente escrito por John Harrington, da HighByte, e foi traduzido para o português. Para conferir o artigo original, clique aqui. A indústria de manufatura está passando por uma mudança tão significativa que ganhou o título de Quarta Revolução Industrial. Esta transformação foi desencadeada pela necessidade da indústria se tornar cada vez mais direcionada pelos dados. As primeiras fábricas do mundo a adotarem uma cultura de análise de dados reconhecem que os dados das operações industriais provenientes de máquinas, processos, produtos e sistemas no chão de fábrica - são ouro. Mais usuários e sistemas querem acesso a esses dados em tempo real para convertê-los em informações valiosas sobre as quais podem agir para prever falhas nas máquinas, prevenir paradas e melhorar a qualidade do produto. Cada vez mais vemos milhões de dispositivos IoT no campo gerando dados. Estes dispositivos incluem máquinas, sensores e câmeras, assim como ferramentas industriais. É um imenso, até mesmo avassalador volume de dados. E como as empresas podem aproveitá-los de maneira eficaz? O problema: Dados inutilizáveis Indústria 4.0, Automação Industrial e Smart Manufacturing combinam informações díspares para conduzir decisões automatizadas das máquinas para a nuvem. Tecnologias múltiplas desempenham um papel nesta…

Continuar lendo Como o DataOps Industrial está moldando a Indústria 4.0

9 inovações tecnológicas na Indústria

"Indústria 4.0" é a palavra que ouvimos em todos os lugares, mas em que consiste e quais tecnologias ela usa? Enquanto a Indústria 3.0 se concentrou na automação de máquinas e processos exclusivos, a Indústria 4.0 se concentra na digitalização de ponta a ponta e na integração centralizada nos ecossistemas digitais. As inovações tecnológicas estão no centro desta revolução e são numerosas! Claro, não é obrigatório implementar todas as inovações tecnológicas para alcançar o sucesso. Trata-se de entender o que elas são e como eles podem ser aplicadas.   POR QUE INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS SÃO IMPORTANTES? As maiores inovações tecnológicas eclodiram na década de 1970. Desde então, elas continuaram a evoluir. Portanto, os países industrializados se equipam com as melhores estruturas tecnológicas para se manterem alinhados com as melhores indústrias. Os americanos assumiram a liderança no ranking em termos de despertar tecnológico. Mas eles são seguidos de perto pelos japoneses e europeus. A corrida nesta área, portanto, começou promovendo a criação de muitas ferramentas de alta qualidade. É por isso que a tecnologia se tornou uma parte importante da vida de uma indústria, tendo se tornado o motor que impulsiona uma indústria e garante sua evolução. Para ter…

Continuar lendo 9 inovações tecnológicas na Indústria

O que você precisa saber sobre a Indústria 4.0

Depois do carvão, da eletricidade e da presença eletrônica nas fábricas, o mundo está agora testemunhando uma quarta revolução industrial nascida da convergência das tecnologias digitais e das técnicas de produção industrial. Como funciona essa nova indústria? Qual é a origem e as principais vantagens? Aqui está tudo o que você precisa saber sobre a indústria do futuro ou a Indústria 4.0. O QUE É A INDÚSTRIA 4.0? A indústria 4.0 refere-se à transformação digital dos processos de fabricação e criação de valor através destes processos. No final do século XIX, as revoluções industriais transformaram o mundo. Estas incluem a introdução de eletricidade e linhas de montagem, bem como automação assistida por computador. Atualmente, o cenário do setor industrial será interrompido por uma quarta revolução, a saber, a Indústria 4.0. Também chamada de "indústria do futuro", a Indústria 4.0 combina objetos reais e tecnologias digitais para obter produtos ainda mais eficientes, graças à atividade otimizada. Para fazer isso, ela usa robôs, impressão 3D, realidade aumentada e, é claro, inteligência artificial. Os diferentes sistemas desta fábrica conectada se comunicam constantemente uns com os outros para permitir uma produção mais segura e flexível. Da mesma forma, as diferentes fábricas…

Continuar lendo O que você precisa saber sobre a Indústria 4.0
Seis passos para implementar Inteligência Artificial na sua fábrica
Como implementar Inteligência Artificial na sua fábrica? Seis passos que irão te auxiliar

Seis passos para implementar Inteligência Artificial na sua fábrica

Muito se fala sobre a revolução que a Inteligência Artificial irá trazer para a indústria de manufatura. Algumas fábricas já têm lançado diversos projetos para determinar se e como a IA pode beneficiar suas operações. De uma maneira geral, as empresas têm concentrado esforços para implementar tecnologias de IA na linha de produção, nas áreas de qualidade, engenharia, manutenção e logística. O uso de IA é facilitado pela combinação do uso de dados, tecnologia e processos automatizados, mas como implementar Inteligência Artificial na sua fábrica? Neste artigo pontuamos seis passos que irão auxiliar no seu processo de implantação da estratégia da IA. 1_Identifique o problema Comece pelo problema e não pela ferramenta. Tudo bem que você quer implementar Inteligência Artificial na sua fábrica, mas primeiro você precisa saber onde e como você quer que sua IA te auxilie. As empresas precisam se perguntar onde elas querem usar IA a curto, médio e longo prazo e reunir todos os cenários possíveis de forma organizada e com o esforço de implementação de cada um deles. Isso vai te ajudar a definir qual será o projeto piloto. Um caso de sucesso no projeto piloto, de curto prazo e de simples…

Continuar lendo Seis passos para implementar Inteligência Artificial na sua fábrica

O que é o Unified Namespace e porquê você precisa implementar esse sistema para vivenciar a Indústria 4.0

Por Mario Ishikawa e Alexandre Patrus Muitos agentes da transformação digital ainda não conheceram o que é o Unified Namespace. Também abreviado como UNS, esse termo foi  cunhado por Walker Reynolds, presidente da 4.0 Solutions, para designar um conceito que permite o processamento e o tráfego, em tempo real, de informações contextualizadas, normalizadas e agregadas. Portanto, o UNS não é um produto e nem um sistema, mas uma ferramenta fundamental para o cenário da Indústria 4.0. E neste artigo vamos te explicar o por quê. É muito comum as pessoas pensarem que não existe um problema de coleta e processamento de dados em suas empresas, pois o cenário da Indústria 3.0 e da automação das fábricas já trabalha com coleta de dados. Porém, quando falamos em Indústria 4.0, estamos falando de uma quantidade muito maior de equipamentos conectados na rede de uma planta. E o UNS vem para ajudar a permitir a escalabilidade da sua estratégia de transformação digital. Indústria 3.0 x Indústria 4.0: quais as principais diferenças no fluxo de dados? Neste exemplo, podemos ver um cenário típico da Indústria 3.0: os dados fluem em apenas um sentido. Eles vão dos sensores para os CLPs, dos…

Continuar lendo O que é o Unified Namespace e porquê você precisa implementar esse sistema para vivenciar a Indústria 4.0

Mulheres na manufatura: mudando a mentalidade da indústria

Os empregos na manufatura são ocupados principalmente por homens: de acordo com um estudo da CNI, a participação feminina no setor industrial brasileiro é de apenas 24,2% do total de trabalhadores. Já nos Estados Unidos, por exemplo, uma análise do Pew Research Center, constatou que as mulheres representam 40% da força de trabalho, mas apenas possuem apenas 29% dos postos de trabalho na indústria. Números similares aos brasileiros. Há milhares de postos de trabalho que não podem ser preenchidos e é difícil para a manufatura contratar pessoas para preencher estes postos.  As mulheres poderiam desempenhar um papel importante nisso. Esta lacuna precisa ser preenchida, e poderia ser preenchida por mulheres. Então, como podemos convencer as mulheres a optarem por um posto de trabalho na indústria de manufatura? Há um grande número de mulheres qualificadas na força de trabalho, então temos que entender as carreiras no setor industrial, não são tão atraentes para elas. De acordo com um estudo da Deloitte, as mulheres que trabalham na manufatura se sentem subrepresentadas. É certo que se as fábricas quiserem ter mais mulheres trabalhando nas suas empresas, certamente precisarão mudar sua estratégia relacionada ao recrutamento, retenção e avanço dos empregos das…

Continuar lendo Mulheres na manufatura: mudando a mentalidade da indústria

3 benefícios da utilização do Blockchain na indústria de manufatura

Atualmente, o mundo está altamente fascinado com termos como criptomoedas, bitcoin e tecnologia blockchain. A razão para isso é simples: as pessoas estão realmente se beneficiando deles, e eu diria que especialmente do blockchain. Quando se trata de blockchain, a tecnologia evoluiu muito, trazendo com ela ainda mais benefícios. Neste artigo, vamos explicar resumidamente três benefícios que a indústria de manufatura pode extrair dessa evolução. 1. Melhor gerenciamento do seu estoque O Blockchain fornece um registro holístico e permanente de cada transação que ocorre na sua cadeia de fornecimento. Além disso, permite que você conecte cada parte da sua cadeia de suprimentos, sejam eles fornecedores,  plantas industriais, centros de distribuição ou até mesmo parceiros no varejo. Os registros que são armazenados são acessíveis por todos dentro da rede. Como todos possuem cópia das informações, não há possibilidade de confusão no processo de fornecimento. E isso, portanto, leva a uma melhor gestão do seu estoque. Tomemos como exemplo este case da Vinturas, que utilizou a tecnologia de Blockchain da IBM. A Vinturas é um consórcio dos principais fornecedores europeus de serviços de logística automotiva na Europa. Ao utilizar a plataforma de Blockchain da IBM, a Vinturas passou a…

Continuar lendo 3 benefícios da utilização do Blockchain na indústria de manufatura

Porque importa ter dados de produção em tempo real?

Imagine que está prestes a entrar num avião. Todas as complexas operações do aeroporto dependem de uma vasta coleção de dados. Agora pense em dados sensíveis e vitais para o bom funcionamento de todo o sistema aeroportuário, tais como condições meteorológicas, tráfego aéreo, informações de segurança, etc... e imagine que tais dados cruciais foram compilados há muitas horas ou dias! Entraria no avião? Mesmo sabendo que o mesmo depende de um sistema alimentado por dados desatualizados? Nós sabemos que a sua fábrica não é um aeroporto, mas também sabemos que você quer ver os seus resultados a levantar vôo e a se manterem sempre lá em cima nas alturas a uma boa velocidade de cruzeiro.   Valorize a sua fábrica. Ainda não opera com dados em tempo real? As fábricas que não possuem dados em tempo real estão sempre um passo atrás na resolução de qualquer problema. Ou pior, estão sempre um passo atrás de descobrir que têm um problema. A automação nas operações de manufatura do dia-a-dia, sem dúvida, tornou-se a estratégica para aumentar a produtividade, reduzir custos e elevar a qualidade do produto. Estar informado sobre tudo o que acontece em uma empresa é fundamental…

Continuar lendo Porque importa ter dados de produção em tempo real?

Apenas 18% das fábricas de embalagens conseguem acompanhar suas produtividades em tempo real – diz pesquisa

Fala-se muito sobre o futuro da indústria de embalagens e sobre os impactados da transformação digital. Mas poucos analistas e experts foram capazes de fundamentar as tendências ou até mesmo comentá-las. Eta foi a intenção da PackIOT ao realizar a primeira pesquisa brasileira sobre maturidade digital na indústria de embalagens do Brasil, desenvolvido com apoio do Instituto das Embalagens (BR). O relatório revela que mais da metade das indústrias produtoras de embalagens são incapazes de identificar, em tempo real, onde existem gargalos em suas linhas de produção. A análise de mercado internacional contou a participação de mais de 150 profissionais da indústria de embalagens de mais de 25 países e a versão brasileira contou com a participação de profissionais que trabalham nos diversos segmentos da indústria de embalagens. O estudo concluiu que 14% das empresas têm muita dificuldade em identificar gargalos e analisar dados corretos em tempo real. E o dado mencionado no título deste artigo foi um dos mais notáveis: 82% das fábricas não conseguem acompanhar a produtividade em tempo real. O estudo também mostra que duas em cada três empresas não têm meios para monitorar e acompanhar a produtividade das suas fábricas e metas de…

Continuar lendo Apenas 18% das fábricas de embalagens conseguem acompanhar suas produtividades em tempo real – diz pesquisa