Como implementar a cronoanálise industrial utilizando localização indoor

Como implementar a cronoanálise industrial utilizando localização indoor
Benchmarking

Por Gabriela Campos da Zapt Tech

O tempo é o recurso mais valioso e finito que podemos ter, e no mundo dos negócios, tempo é dinheiro. Por essa razão, é extremamente necessário procurar meios de colocar o tempo a nosso favor, utilizando-o da melhor forma possível para aumentar a produtividade, otimizar processos e facilitar a rotina de trabalho dos colaboradores, ao mesmo tempo em que mantém seu negócio competitivo no mercado. Nesse artigo vamos falar sobre 5 vantagens da cronoanálise industrial e como as tecnologias de localização indoor podem ser grandes aliadas para promover melhoras significativas dentro das indústrias

Cronoanálise, o que é?

A palavra crono deriva do grego Khrónos, que significa tempo. Logo, a cronoanálise se refere à metodologia que se propõe ao estudo do tempo e dos movimentos, a fim de padronizar processos de produção, eliminar desperdícios e determinar o tempo despendido para cada tarefa a fim de estabelecer um tempo padrão para cada atividade.

Apesar dessa técnica ser bastante conhecida e aplicada a modelos de negócios de ponta, ela foi inventada no final do século XIX por Frederick Taylor, conhecido como o pai da engenharia industrial.

A cronoanálise se divide em duas partes: A primeira se trata da medição do tempo e a segunda da utilização da cronometragem como ferramenta para melhorar o resultado da operação. Podendo ser feita no método contínuo, ou seja, iniciando a cronometragem no primeiro ato realizado e concluindo ao final de todos os ciclos. Ou, no método repetitivo, onde o cronômetro é zerado a cada ciclo. Essa metodologia pode ser aplicada tanto na manufatura de chão de fábrica, quanto nas tarefas administrativas.

Para implementá-la de modo eficiente, é preciso começar inicialmente com o estudo da operação, para entender e compreender todos os detalhes do trabalho e seus procedimentos, bem como o setor produtivo e as máquinas incluídas. A seguir, é designado um operador qualificado para a tarefa, que esteja familiarizado com todo o processo de produção. A partir daí, realiza-se uma cronometragem teste, para calcular o tempo médio dessa amostra, estabelecendo tolerâncias, como por exemplo se a atividade fadiga ou não o operador. Feito isso, o cálculo do tempo padrão se dá, considerando apenas o tempo limpo da operação, não levando em conta interrupções gerais.

Mas porque medir tempos e movimentos?

Como diz o provérbio, o que não pode ser medido não pode ser melhorado. Dessa maneira, para ter controle sobre o processo de produção, retirando obstáculos, para aumentar a produtividade, é possível padronizar tarefas através da cronoanálise. Entretanto, o que antigamente era feito através de cronômetros analógicos e pranchetas, hoje pode ser realizado de forma autônoma utilizando tecnologias inovadoras como IoT. A seguir, veremos de que maneira as soluções de localização indoor impactam o setor industrial, auxiliando na melhor gestão e controle do tempo na realização de tarefas. Mas antes, vamos familiarizar você com o sistema de localização Indoor.

O que é o Sistema de Posicionamento Indoor?

O sistema de posicionamento indoor ou localização indoor, se refere a um conjunto de soluções usadas para localizar pessoas e objetos dentro de locais fechados, como prédios, hospitais e indústrias. Essa tecnologia é baseada no princípio da internet das coisas, onde objetos estão conectados à rede, transformando locais físicos comuns em ambientes inteligentes. De acordo com o artigo Indoor positioning System (IPS) – o que é e como funciona? “As tecnologias de Indoor Positioning System processam sinais captados pelos sensores de nossos celulares ou smart devices através de algoritmos complexos capazes de interpretá-los para calcular a nossa localização em tempo real. Alguns tipos de sinais coletados são o Bluetooth e o Wi-Fi. Além deles, algoritmos de IPS podem utilizar sensores como acelerômetro, giroscópio e bússola para melhorar diferentes aspectos da localização, como acurácia, estabilidade e sentido dos movimentos.”
Veja a seguir os benefícios que ela traz quando aplicada no setor industrial.

Como a localização indoor ajuda a implementar a cronoanálise de forma automática?

Os benefícios do sistema de IPS no setor industrial são vários, bem como sua aplicabilidade. Através de sensores colocados estrategicamente nos ambientes, podemos controlar o momento exato em que colaboradores e funcionários entram e saem dos espaços. O próprio sistema é responsável por monitorar, cronometrar e medir simultaneamente o tempo gasto pelo funcionário para desempenhar suas atividades, de forma automatizada. Também é possível monitorar equipamentos e ativos em tempo real. O monitoramento acontece por meio de sinalizadores bluetooth beacons acoplados em objetos ou wearables em pessoas.

Também conseguimos identificar qual o maior obstáculo das operações, sabendo onde se gasta maior tempo a fim de otimizar os processos necessários. Com os serviços baseados em localização, conseguimos traçar as melhores rotas para máquinas como empilhadeiras e caminhões, evitando corredores cheios ou com operações em andamento. Também podemos gerenciar e monitorar estoques em tempo real e realocar equipamentos e equipes caso surja uma demanda de última hora, sempre armazenando os dados capturados e analisando-os posteriormente.

Além das soluções de localização indoor serem usadas para implementar a cronoanálise de forma automática, seus recursos também são usados para evitar que equipamentos se percam ou sejam furtados, identificar quais deles estão em uso e quais estão disponíveis. Acompanhar de forma minuciosa suas respectivas manutenções e localizar equipes com maior agilidade. Dessa forma, conseguimos prever equipamentos necessários e livres para operações específicas, evitar que manutenções interrompam atividades em andamento e até mesmo atribuir funções aos funcionários, com base na sua localização, otimizando o uso de todos os recursos disponíveis.

Essa tecnologia também pode ser usada para aumentar a segurança dos funcionários dentro das dependências do local de trabalho. Nos últimos 4 anos, foram gastos mais de 20 bilhões dos fundos de previdência com benefícios para trabalhadores acidentados. Isso nos mostra que acidentes causados nos locais de trabalho, saem caro para as empresas, além é claro de interromperem produções inteiras que resultam na perda do dia de trabalho, desperdício de insumos entre outros prejuízos.