Apenas 18% das fábricas de embalagens conseguem acompanhar suas produtividades em tempo real – diz pesquisa

Fala-se muito sobre o futuro da indústria de embalagens e sobre os impactados da transformação digital. Mas poucos analistas e experts foram capazes de fundamentar as tendências ou até mesmo comentá-las. Eta foi a intenção da PackIOT ao realizar a primeira pesquisa brasileira sobre maturidade digital na indústria de embalagens do Brasil, desenvolvido com apoio do Instituto das Embalagens (BR). O relatório revela que mais da metade das indústrias produtoras de embalagens são incapazes de identificar, em tempo real, onde existem gargalos em suas linhas de produção. A análise de mercado internacional contou a participação de mais de 150 profissionais da indústria de embalagens de mais de 25 países e a versão brasileira contou com a participação de profissionais que trabalham nos diversos segmentos da indústria de embalagens. O estudo concluiu que 14% das empresas têm muita dificuldade em identificar gargalos e analisar dados corretos em tempo real. E o dado mencionado no título deste artigo foi um dos mais notáveis: 82% das fábricas não conseguem acompanhar a produtividade em tempo real. O estudo também mostra que duas em cada três empresas não têm meios para monitorar e acompanhar a produtividade das suas fábricas e metas de…

Continuar lendo Apenas 18% das fábricas de embalagens conseguem acompanhar suas produtividades em tempo real – diz pesquisa

Maturidade Digital na Indústria de Embalagens do Brasil tem um longo caminho a percorrer, diz estudo nacional

Para ajudar as pessoas a entenderem melhor como a Indústria de Embalagens está vivenciando a Indústria 4.0 e a Transformação Digital, a PackIOT desenvolveu um estudo chamado Maturidade Digital na Indústria de Embalagens. Nós convidamos trabalhadores da indústria de embalagens de todo o Brasil para descreverem suas fábricas, seus processos de coleta e análise de dados, as métricas e KPIs que acompanham e os softwares que usam. Baixe agora gratuitamente! Em particular, estávamos interessados em entender qual é o nível de maturidade digital que a indústria brasileira de embalagens está vivenciando. Também perguntamos que tipo de softwares e ferramentas eles possuem nas fábricas: ERP, MES, Análise de Produção, PLCs... E qual tipo de insights de produção que conseguem ter através dessas ferramentas. Após uma análise mais profunda nos dados da pesquisa, identifica-se muito espaço para melhorias na Indústria de Embalagens. As empresas têm dificuldades para identificar gargalos na linha de produção e de acompanhar o OEE. A coleta automática de dados ainda não é uma tendência, metas não são discutidas abertamente e poucas fábricas sabem dizer se estão dentro do esperado a respeito do tempo de suas paradas planejadas. Quero ver o report completo! Você também poderá…

Continuar lendo Maturidade Digital na Indústria de Embalagens do Brasil tem um longo caminho a percorrer, diz estudo nacional

Como implementar a cronoanálise industrial utilizando localização indoor

Por Gabriela Campos da Zapt Tech O tempo é o recurso mais valioso e finito que podemos ter, e no mundo dos negócios, tempo é dinheiro. Por essa razão, é extremamente necessário procurar meios de colocar o tempo a nosso favor, utilizando-o da melhor forma possível para aumentar a produtividade, otimizar processos e facilitar a rotina de trabalho dos colaboradores, ao mesmo tempo em que mantém seu negócio competitivo no mercado. Nesse artigo vamos falar sobre 5 vantagens da cronoanálise industrial e como as tecnologias de localização indoor podem ser grandes aliadas para promover melhoras significativas dentro das indústrias Cronoanálise, o que é? A palavra crono deriva do grego Khrónos, que significa tempo. Logo, a cronoanálise se refere à metodologia que se propõe ao estudo do tempo e dos movimentos, a fim de padronizar processos de produção, eliminar desperdícios e determinar o tempo despendido para cada tarefa a fim de estabelecer um tempo padrão para cada atividade. Apesar dessa técnica ser bastante conhecida e aplicada a modelos de negócios de ponta, ela foi inventada no final do século XIX por Frederick Taylor, conhecido como o pai da engenharia industrial. A cronoanálise se divide em duas partes: A…

Continuar lendo Como implementar a cronoanálise industrial utilizando localização indoor

Dados podem te ajudar a conseguir um aumento de salário na indústria. Descubra como

A manufatura ainda é o primeiro empregador na UE, quinto nos EUA e terceiro no Brasil. A força da indústria pode ser vista em vários relatórios globais e as empresas revolucionaram a maneira como produzem bens e produtos. E estas mudanças levam a oportunidades incríveis para profissionais que se preparam e se capacitam constantemente. Isto nos leva naturalmente a outras possibilidades: melhores empregos, promoções verticais e aumentos salariais internos. Mas como você combina transformação/dados digitais com oportunidades profissionais? Esta é a intenção deste pequeno guia. Esteja atento aos principais números e objetivos de sua empresa Ter informações claras sobre os números mais importantes para sua fábrica é crítico (fora da produção também). Isso o fará raciocinar mais claramente sobre os dados em sua área e em seu próprio trabalho. Desta forma, suas ações estarão focadas na geração de valor para seu desempenho diário, para seu setor e para os objetivos da empresa. Conhecer estes detalhes numéricos pode fazer toda a diferença nas próximas etapas de sua carreira. Se você ainda não conhece estes números, pergunte ao seu chefe ou sua chefe sobre eles. Simples assim! Mostre interesse e sua vida vai ser mais fácil, você vai ver.…

Continuar lendo Dados podem te ajudar a conseguir um aumento de salário na indústria. Descubra como

Paragem de máquina em fábricas de embalagem: 7 passos para medir corretamente

Entendendo com que freqüência e por que sua linha de embalagem está parando Saber quantas vezes sua linha de produção está parando é uma das coisas mais importantes que um gerente de produção pode fazer para começar a melhorar a produtividade. Isto vem diante da OEE, por duas razões simples: o tempo parado é uma métrica acionável e fácil de entender. Há muita teoria de como fazer isso. Ela é coberta pela Manutenção Produtiva Total (TPM), Produção Lean e Seis Sigma. Embora seja importante entender a teoria e nós o encorajamos a estudá-la, o que vemos na realidade é que o que a maioria das empresas precisa é de um sistema fácil de usar e eficaz. Portanto, dividimos isto em 7 etapas. A confiabilidade da informação é a prioridade número um quando se trata de dados. As pessoas não utilizam o número no qual não confiam. E o tempo é difícil de ser rastreado sem um sistema automático. É fácil de medir (você só precisa de um cronômetro, certo?), mas é difícil de rastrear. Muitas empresas pedem a seus operadores para registrar o tempo de inatividade em uma planilha. "Toda vez que a máquina pára, você 'apenas'…

Continuar lendo Paragem de máquina em fábricas de embalagem: 7 passos para medir corretamente

Qual é o Nível de Maturidade Digital Da Sua Fábrica De Embalagem? Descubra agora, e de graça, com nossa assistente virtual

Muitos profissionais de empresas de embalagem estão curiosos para saber quão maduras suas empresas estão em termos de transformação digital. Mas, geralmente, este simples interesse vem ligado a três problemas, bem desconfortáveis: - é necessário realizar pesquisas complexas por conta própria - formulários de terceiros são muito chatos e trabalhosos - consultores cobram caro demais para entregar algo a você Tentamos resolver isto de uma maneira muito simples. Eliminamos os formulários chatos (desculpe, mas são sim), jogamos fora a necessidade de você fazer cálculos complexos por conta própria e criamos uma ferramenta gratuita. Sim, uma ferramenta gratuita e instantânea!!! Conheça Eva, nossa analista virtual de dados. Em uma conversa simples de 2 minutos, ela entregará um relatório de seu nível de maturidade digital. Estas são perguntas rápidas e fáceis sobre tópicos que você domina na rotina diária da sua fábrica. (clique no link e inicie sua AVALIAÇÃO GRATUITA). No final, Eva lhe dará o nível em que você está e o que você pode fazer para melhorar ainda mais. E repito: online, gratuito e totalmente intuitivo. Que tal tentar uma conversa com ela? Experimente agora, de graça. Primeiro de tudo: maturidade digital é cultura, não apenas adoção…

Continuar lendo Qual é o Nível de Maturidade Digital Da Sua Fábrica De Embalagem? Descubra agora, e de graça, com nossa assistente virtual

Como dados em tempo real são vitais para a indústria de embalagem

Acho que nem deveríamos começar este artigo contando-lhe os benefícios dos dados em tempo real. A melhor abordagem é começar mostrando o que acontece quando não se tem esses dados. Uma boa maneira de explicar isto é imaginar um cenário onde você está dirigindo seu carro: não ter dados em tempo real é o mesmo que olhar APENAS através do espelho retrovisor enquanto dirige, sem prestar atenção na estrada. Você consegue imaginar pilotos, controladores de tráfego aéreo e gerentes de aeroportos confiando apenas nos dados coletados há 12 horas? Ou há duas semanas? Eles precisam tomar decisões em tempo real. Parece um exemplo exagerado (e é), mas é apenas para fazer uma observação e avisá-lo que sua fábrica pode estar perdendo muito dinheiro se você continuar a usar dados coletados em papel e planilhas de excelência (que se tornaram obsoletas). Fábricas que não têm dados em tempo real estão sempre um passo atrás da resolução de qualquer problema. Ou pior, elas estão sempre um passo atrás de descobrir que têm um problema. Dados em temmpo real na indústria de embalagem A evolução da tecnologia tem feito com que faz com que as mudanças aconteçam de uma maneira…

Continuar lendo Como dados em tempo real são vitais para a indústria de embalagem

Os 5 maiores erros que as fábricas de embalagem cometem ao analisar o OEE

OEE + Fabricantes de embalagens + Desafios Todo gerente de produção está familiarizado com OEE (uma abreviação para a métrica de fabricação "Overall Equipment Effectiveness") e tentou implementá-la em sua fábrica. Para um gerente de produção, OEE é quase tão importante quanto sua taxa de crédito nos bancos, índice de massa corporal ou qual o custo do material escolar dos filhos. Ele carrega a simplicidade de ser um número único e isso é ótimo. No entanto, há muitas armadilhas a serem evitadas ao usar isto em sua fábrica para saber se você está fazendo bem ou não. Abaixo inserimos os erros mais frequentes que os fabricantes de embalagens cometem ao usar o "número sagrado". 1. Comparar Maçãs com Bananas Por ser um único número, as pessoas tendem a usá-lo para comparar diferentes fábricas, como um método de projetar sua eficiência. Este é um jogo perigoso, por algumas razões: Nem todas as empresas calculam OEE da mesma forma. Na verdade, se você perguntar a 10 gerentes de produção como eles calculam o OEE, você obterá 11 respostas diferentes. Algumas excluem a manutenção preventiva dos cálculos de disponibilidade, outras excluem as férias, outras não. Os tamanhos dos lotes e…

Continuar lendo Os 5 maiores erros que as fábricas de embalagem cometem ao analisar o OEE

Taxa de refugo em manufatura: tudo que você precisa saber

Sua fábrica conhece as taxas de refugo? Em qual estágio do relatório de "scrap rate" vocês estão? Além do tempo de inatividade, as taxas de refugo (ou desperdício) são uma grande preocupação para qualquer gerente de fábrica. Embora os números variem muito de fabricante para fabricante, quando olhamos para instalações de produção em linha (onde todas as máquinas estão conectadas em série), as taxas de refugo de 15-25% são completamente normais. Durante este tempo, a fábrica está consumindo energia, matéria-prima e tempo de funcionamento do equipamento. Isto significa que, a cada 4 horas de produção, a empresa está jogando material, energia e tempo de equipamento no lixo. A luta para reduzir estes números é dura, diária e constante, e apenas uma coisa é certa: não se pode fazê-lo sem números de produção confiáveis, apenas olhando no espelho retrovisor. Embora quase todos os equipamentos tenham contadores integrados para peças rejeitadas, poucas empresas coletam esses dados automaticamente para transformá-los em inteligência. Como resultado, elas acabam dependendo de notas manuais, o pesadelo da confiabilidade da informação. Qualquer pessoa que tenha passado algumas horas no chão de fábrica sabe: a vida de um operador não é fácil. A rotina de produção,…

Continuar lendo Taxa de refugo em manufatura: tudo que você precisa saber

8 razões para sua fábrica ter um serviço plug-and-play de análise de produção

Se você está aqui, é provavelmente porque está interessado em construir/ter um sistema de análise e métricas de produção da sua fábrica. Mas espera aí: vale a pena construir em casa ou contratar um serviço pronto? E se for remoto, plug and play? Facilta ou dificulta? :Entre todas as possibilidades, por que você deve optar por um serviço SaaS e por que a distância não é uma ameaça à qualidade do serviço? Uma empresa de software remoto não tem base física e mais de 80% do trabalho é feito remotamente, mesmo que, em algum momento, sejam necessárias visitas locais. Em comparação com os modelos tradicionais, um SaaS funciona particularmente bem baseado em um serviço remoto. É um tipo de distribuição e venda de software em que o fornecedor do software é responsável por todas as estruturas necessárias para disponibilizar o sistema (servidores, conectividade, cuidados de segurança da informação) e o cliente usa o software via Internet, pagando uma taxa pelo serviço. Por este conjunto de razões, é possível criar um ecossistema, pronto para suportar seu negócio de manufatura sem um conjunto de regras e necessidades estritas e complicadas para que tudo isso funcione. Estes são os principais…

Continuar lendo 8 razões para sua fábrica ter um serviço plug-and-play de análise de produção